10 de mai de 2013

Espere para aplaudir...

…conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus. —Efésios 3:19


Em seu primeiro jogo da Liga Infantil de Futebol, um jovem jogador do time em que eu era o treinador foi atingido no rosto por uma bola. Ele não se feriu, mas, ficou compreensivelmente abalado. Durante o restante da temporada, ele teve medo da bola. Jogo após jogo, ele tentava bravamente, mas, não conseguia acertar a bola.
Em nosso jogo final, estávamos desesperadamente atrás, sem motivos para torcer. Então, aquele jovem entrou em campo e fez sua jogada. Para surpresa de todos, ele acertou a bola em cheio, e fez um belo gol! Seus colegas de time enlouqueceram; seus pais e os pais dos outros jogadores o aplaudiram com entusiasmo. Embora ainda estivéssemos perdendo, eu pulava muito! Todos nós amávamos o garoto e o incentivávamos.
Imagino que o Senhor também nos incentiva em nossas vidas. Ele nos ama profundamente e deseja que possamos “…compreender […] qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento…” (Efésios 3:18-19).
Alguns pensam que o Senhor não é amoroso e que espera que escorreguemos para poder nos punir. Portanto, nós temos o privilégio de lhes falar a respeito de Seu profundo amor por eles. Imagine a alegria deles ao ouvirem sobre o Deus que os ama tanto, que enviou Seu único Filho para morrer na cruz por seus pecados e que deseja animar e fortalecê-los!
As mãos de Jesus perfuradas pelos cravos revelam o coração amoroso de Deus.

                                                             http://ministeriosrbc.org/

Nenhum comentário: