2 de dez de 2013

Por que deveríamos nos importar com a “Liga da Integridade” da vida? Porque obedecer a Deus desta maneira demonstra que confiamos nossas vidas a Ele e que queremos resplandecer o Seu grande amor sobre os outros.



21 de nov de 2013

Esse nome...



Jesus é o nosso Salvador. Ele nos redimiu com o Seu sangue, e nós podemos dar a nossa vida a Ele de todo o coração. Jesus. Que todo o céu e toda a terra, nós inclusive, proclamemos o Seu glorioso nome! 



14 de nov de 2013

Ajudando os outros...



Ajudando os outros....

Quando as tempestades de neve enterram as pastagens, os fazendeiros devem alimentar os seus rebanhos manualmente. Enquanto o feno é lançado a partir de carretas e caminhões, os animais mais fortes abrem caminho. Os animais tímidos ou doentes conseguem pouco ou nenhum alimento salvo pela intervenção do rancheiro.
Pessoas que trabalham em campos de refugiados e com distribuição de alimentos relatam um padrão semelhante. Ao abrirem as portas para os necessitados, os fracos e tímidos podem não chegar à frente da fila. Como os fazendeiros, essas “cordas salva-vidas” humanas devem tomar medidas para assegurar que os seus serviços alcancem o fraco, cansado, doente e os que estão à margem da sociedade.
Eles estão realizando um princípio estabelecido por Deus há muito tempo. No livro de Levítico 19, Moisés instruiu os fazendeiros de Israel e viticultores a deixar porções dos seus cultivos para que o pobre e o estrangeiro tivessem algo para comer (vv.9-10).
Nós também podemos ser como zeladores para o fraco e cansado. Quer sejamos professores persuadindo os alunos tímidos a se abrirem, profissionais junto a um colega de trabalho em dificuldades, presidiários cuidando dos recém-chegados, ou os pais que dão atenção aos seus filhos. Nós temos maneiras de honrar a Deus ajudando os outros.
À medida que buscamos servir os necessitados, que a graça de Deus que nos alcançou em nossa necessidade nos mova para alcançar aos outros nas deles.
Ao servirmos aos outros, servimos a Deus.


4 de nov de 2013

3 de nov de 2013

Como demonstrar amor por um cônjuge triste e depressivo...

A tristeza é a dor da alma, o amor é o elixir da vida. Proteja sua capacidade de amar seu cônjuge mesmo em momentos difíceis e ser tornará a cura de suas dores e a alegria de seus dias.
É muito fácil estar ao lado de uma pessoa que acorda alegre e que passa o dia tão bem que mesmo enfrentando horas no trânsito consegue fazer piadas e levar tudo numa boa. E quando chega a noite traz para casa mais alegria do que quando saiu pela manhã, achando tudo lindo e perfeito.

Se alguém tiver o privilégio de ser ou viver com alguém assim preserve, pois encontrou um ser único nos dias atuais.

A depressão está sendo considerada o mal do século XXI. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) 350 milhões de pessoas atualmente sofrem com a doença no Brasil. Isso significa que pelo menos 350 milhões de famílias vivem com alguém com depressão. Como conviver e ajudar um cônjuge neste caso?

Primeiro passo: entenda o que se passa com seu cônjuge. A pessoa com depressão sente-se vazia, se desespera por conta do dia a dia, não tem motivação e sentido para a vida e deixa de ter prazer nas coisas que costumavam animá-lo. Deixa também de se interessar por amigos, família, lazer, trabalho, saúde ou vive esgotado. Imagine como ela deve se sentir?

Ao saber disso o que fazer? Desistir também? Apesar de ser perfeitamente normal isso passar pela mente de qualquer pessoa que se depare com a situação, não é o melhor a fazer, o melhor é reagir, pois você sim se encontra em condições de fazer por seu par o que ele não tem condições de fazer.

Segundo passo: use o conhecimento que o relacionamento a dois lhe deu sobre seu cônjuge. Estabeleça como meta trazer de volta aquela pessoa por quem se apaixonou e se casou e também a vida feliz que levavam até então.
  • Incentive tratamento profissional. Acompanhe apoie e cuide para que o tratamento seja seguido. Lembre-se que a pessoa não está em condições de tomar decisões ou assumir compromissos sozinho.
  • Cuide de você mesmo. Não se esqueça que precisa estar bem para cuidar de seu cônjuge, com isso, previna-se buscando apoio para si próprio, para então apoiar seu cônjuge.
Terceiro passo: demonstre seu amor. Este é um remédio que nenhum especialista poderá receitar para comprar na farmácia, porém é um elemento essencial na recuperação da pessoa depressiva. Não adianta você saber o quanto ama e se preocupa com seu cônjuge, ele precisa saber, sentir e receber este amor.
  • Esteja ao lado dele em todos os momentos.
  • Promova momentos especiais.
  • Resgate lembranças e momentos em que a felicidade esteve presente em suas vidas.
  • Não culpe, não cobre, simplesmente ame. Ninguém deve ser responsabilizado por estar depressivo.
  • Mesmo que as tentativas de seu cônjuge de se livrar da doença se frustrem demonstre confiança e esperança em seu potencial.
A tristeza é a dor da alma, o amor é o elixir da vida. Proteja sua capacidade de amar seu cônjuge mesmo em momentos difíceis e se tornará a cura de suas dores e a alegria de seus dias.
Fonte: http://familia.com.br

1 de nov de 2013

Como dar valor ao homem que você tem ao seu lado...

Dar valor é mais do que aceitar calada tudo o que lhe é imposto, é ter sabedoria para alertar quando for preciso, é estar pronta para lutar diante do inimigo e ajudar a reconstruir quando tudo for ao chão.
O lema que deve conduzir a mulher que quer dar valor ao homem que tem a seu lado deve começar assim: “Faça sua escolha e ame sua escolha”, para depois buscar os atributos que a ajudarão a superar as diferenças e dificuldades que certamente virão ao longo da convivência, como paciência, empatia e caridade.

Olhar com o coração é outra dica para quem quer viver uma relação estável e duradoura. Quando olhamos com o coração não enxergamos defeitos físicos ou culturais, mas enxergamos as qualidades e o potencial da pessoa.

O relacionamento homem mulher é muito complexo, pois cada um tem características próprias e que nem sempre agradam completamente mesmo que haja paixão e amor entre os dois. Muitos relacionamentos terminam mesmo quando se amam, porque acabam valorizando somente as diferenças.

Valorizar é dar valor a algo. Na relação isso vai depender do significado que um tem para o outro, para isso é preciso ter consciência das razões que os aproximaram.

Analisando os valores do homem a seu lado
  • Ele estar ao seu lado é uma boa razão para que seja reconhecido um atributo importante e que faça valer a pena dar valor a ele. O fato dele ter escolhido você para amar deve ser considerado uma honra que nunca deve ser esquecida pela mulher. Lembre-se sempre que entre tantas outras opções você foi a escolhida. Valorize isso e retribua à altura.
  • Conheça o homem que ele é, seus gostos, seus costumes e desejos. Só assim poderá entender suas ações e atitudes e isso poderá facilitar muito o olhar para as qualidades independentes dos defeitos.
  • Não procure ou espere perfeição. É possível valorizar a pessoa como ela é, pois todos sempre têm um lado positivo e é esse lado que deve estar em evidência sempre que olhar para ele.
  • Procure ser compreensiva, a sugestão é: sempre fazer acordo. Acordo é a melhor negociação para evitar conflitos. Conversem e encontrem a melhor solução para as diferenças e necessidades de cada um, nunca menospreze o desejo dele para que os seus não sejam desprezados também.
Vantagens em valorizar o homem 

O gênero masculino em geral, humano ou animal, tem a necessidade de ser o melhor, é só observar a natureza, como os machos lutam por seu espaço e honra. O ser humano de maneira civilizada espera ter seu valor destacado pelos que estão ao seu redor, e estes terão todas as vantagens por valorizarem sua força, inteligência e capacidade, pois serão protegidos e cuidados por ele.

A mulher que sabe valorizar o homem certamente será a mais beneficiada na relação, pois ele irá fazer de tudo para protegê-la, demonstrar seu amor e cuidar para que suas necessidades sejam atendidas.

A verdadeira rainha do lar é a mulher que tem um rei a seu lado. Mesmo que não seja o príncipe encantado, você pode ajudá-lo a ser um rei e agir como um rei tendo honra e valor de majestade.

Cuidados e bom senso

Deus criou o homem e de seu lado retirou uma costela e com ela criou a mulher como sua companheira. Não para andar abaixo ou atrás dele, mas ao lado como apoio e alento, para que ele exerça sua força masculina em prol dela e de sua família com sabedoria e bom senso na defesa e honra deles.

Nenhum homem tem o direito de usar de força física ou moral contra a mulher que está ao seu lado, e para isso ele foi educado por uma mulher.

Mães! Ensinem honra e justiça a seus filhos, e as suas filhas, ensinem seu valor feminino e como devem respeitar e apoiar o homem com quem forem viver e assim quando escolherem formar suas famílias, ela entrará no lar como a rainha escolhida pelo rei para reinarem juntos.

Dar valor é mais do que aceitar calada tudo o que lhe é imposto, é ter sabedoria para alertar quando for preciso, é estar pronta para lutar diante do inimigo e ajudar a reconstruir quando tudo for ao chão. Isso por que você fez sua escolha e ama a escolha que fez
.

8 de out de 2013

Deus provê, mas como?



UMA ALMA VALE MAIS QUE O MUNDO


CADA DIA 
“Um anjo do Senhor disse a Filipe: “Vá para o sul, para a estrada deserta que desce de Jerusalém a Gaza.” 
At 8.26
Morre Estêvão, Deus levanta Felipe, que está em Samaria onde multidões se convertem e um anjo enviado por Deus o transporta para se encontrar com um etíope no deserto. Era um oficial da rainha. Ele viera adorar em Jerusalém e lia, sem entender, Isaías. Felipe explica e lhe apresenta Jesus. Ele aceita, é batizado e é arrebatado pelo Espírito. Esta história evidencia que a prioridade de Deus não segue a lógica humana. Felipe estava no epicentro dos acontecimentos da Igreja de Samaria, com multidões se convertendo. 
 
Racionalmente não seria o momento certo. A igreja cresce, o povo precisa de cuidado e Felipe é um dos principais líderes. O Espírito o leva a um lugar isolado onde havia apenas um homem. Em 1727 os moravianos não pediam sinais ou maravilhas, mas oportunidade para servir a Cristo. Enviaram missionários por todo o mundo. Dois jovens, desejando evangelizar São Tomé e Príncipe, na África, não encontrando como entrar nas ilhas repletas de escravos, se tornaram escravos e pregarem o nome de Jesus. As pessoas saíam dizendo: “vamos buscar para o Cordeiro o galardão do seu sacrifício”.
 
Senhor, desejamos gastar as nossas vidas para servir a Cristo e proclamar o seu nome. Em nome do Cordeiro Jesus, amém.


6 de out de 2013

A dangerous challenge...

While millions watched on television , Nik Wallenda crossed Niagara Falls on a steel cable of 549 m , which was 13 cm in diameter . He took every precaution he could. Added to the drama and danger of the time it was in and rushing water below , a thick fog obscured the view Wallenda . The wind caused by the rocking waters threatened his balance and challenged its stability . In the middle of the crossing , and because of these dangers , he prayed a lot and praised God .
The Israelites also praised God by being dangerously challenged when a group of warriors gathered to fight them ( 2 Chronicles 20:2 ) . After humbly ask God for help , King Jehoshaphat appointed a choir to march in front of the Israeli army in battle. The worshipers chanted : " Give thanks to the LORD, because his mercy endureth for ever " ( v.21 ) . When singing , the Lord allowed enemy forces attacked and destroyed each other .
Praise God in the midst of a challenge can mean dominate our natural instincts . We tend to self-protection , creating strategies and concern . However , worship can keep the heart from disturbing thoughts and self-sufficiency . This reminds us of the Israelites learned that lesson : " ... for the battle is not yours, but God's " ( v.15 ) .

No matter what is in front of us , God is always with us .


Um desafio perigoso...






Enquanto milhões assistiam pela televisão, Nik Wallenda atravessava as Cataratas do Niágara num cabo de aço de 549 m, que tinha apenas 13 cm de diâmetro. Ele tomou todas as precauções que podia. Somado ao drama e ao perigo da altura em que se encontrava e à água correndo abaixo, uma espessa névoa obscureceu a vista de Wallenda. O vento causado pelo balançar das águas ameaçou seu equilíbrio e desafiou sua estabilidade. Na metade da travessia, e por causa desses perigos, ele orou muito e louvou a Deus.
Os israelitas também louvaram a Deus ao serem perigosamente desafiados, quando um grupo de guerreiros se reuniu para lutar contra eles (2 Crônicas 20:2). Após humildemente pedir ajuda a Deus, o rei Josafá nomeou um coro para marchar à frente do exército israelita na batalha. Os adoradores cantaram: “Rendei graças ao Senhor, porque a sua misericórdia dura para sempre” (v.21). Ao cantarem, o Senhor permitiu que as forças inimigas se atacassem e destruíssem mutuamente.
Louvar a Deus no meio de um desafio pode significar dominar os nossos instintos naturais. Temos a tendência para a autoproteção, criação de estratégias e preocupação. No entanto, a adoração pode guardar o coração contra pensamentos perturbadores e autossuficiência. Isso nos lembra da lição que os israelitas aprenderam: “…pois a peleja não é vossa, mas de Deus” (v.15).
Não importa o que está a nossa frente, Deus está sempre conosco.


http://ministeriosrbc.org/

5 de out de 2013

7 maneiras de falar sobre intimidade com seu cônjuge e ainda serem amigos...

Por que é tão difícil falar sobre sexo e intimidade física? Como terapeuta, eu ouço isso de clientes o tempo todo. Eles sabem sobre o que eles querem conversar com seus cônjuges, mas não sabem como falar sobre seus pensamentos, sentimentos, frustrações ou sugestões. Parece muito mais fácil evitar o assunto do que falar sobre isso. Infelizmente, essa falta de comunicação leva à mágoa e desentendimento entre muitos casais. Aqui estão sete dicas de como começar essa conversa - e ainda serem amigos no final:

1. Hora certa é tudo. Não podemos enfatizar isto o suficiente. Ter uma conversa sobre o seu relacionamento íntimo não é como ter uma conversa sobre a cor que você quer pintar seu quarto - especialmente se você é novo nesse tipo de conversa. Mulheres, digam ao seu homem que você gostaria de falar com ele sobre algo importante, que só vai demorar 10 minutos, em algum momento no outro dia ou no seguinte. Em seguida, dê-lhe a oportunidade de decidir quando essa conversa vai ser. Vai ser muito melhor se você não simplesmente pegá-lo de surpresa. Homens, não tentem trazer o assunto enquanto ela está discutindo com as crianças, cansada após um longo dia ou logo antes de você querer ter um momento íntimo. Leve-a para uma caminhada ou um passeio onde ela será capaz de dar-lhe toda sua atenção.

2. Em primeiro lugar, seja honesto com você mesmo. Antes mesmo de tentar ter essa conversa pense sobre qual é o real motivo pelo qual você quer fazê-lo. Quais são suas expectativas? Você está querendo desabafar e culpar alguém? Compartilhar uma ideia? Expressar sua insatisfação? Você está buscando mudanças como resultado da conversa? É importante entender os principais motivos e conversar previamente sobre eles com seu cônjuge para que a conversa seja produtiva e aproxime os dois ao invés de afastá-los.

3. Seja um ouvinte interessado. Já que essas conversas podem ser intimidantes, você pode se sentir tentado a perguntar algo como, "Como você acha que está nossa relação íntima?" e seu cônjuge pode responder "Ótima", daí você vai pensar "Ok, essa foi fácil" e vai passar para o próximo tópico. Mas é realmente essa informação que você estava procurando? Tente ir mais a fundo perguntando ao seu cônjuge o que ele quis dizer com "ótima". Você pode se surpreender com o que pode sair com um pouquinho de estímulo.

4. Faça um sanduíche positivo. Em outras palavras, comece a conversa falando sobre o que está funcionando no relacionamento de vocês - qualquer coisa. Se você gosta do cheiro e perfume de seu cônjuge, comece por isso. Este é seu cônjuge, alguém que merece seu amor e respeito. Seu cônjuge estará mais disposto a ouvir o que você tem a dizer se sentir que você se importa com seus sentimentos e seu relacionamento. Termine a conversa com uma observação positiva, assim fazendo um "sanduíche positivo" com duas coisas boas, em ambas extremidades da conversa.

5. Um pouco de contato físico pode ser útil. Se você for conversar durante uma caminhada ou no carro, segure as suas mãos, mantenha seus joelhos juntos, ou qualquer coisa que os façam sentir confortáveis. Um pouco de contato mostra ao seu cônjuge que você realmente está participando da conversa e também ajuda a sentirem que estão conectados durante uma conversa que pode ser muito vulnerável.

6. Não divague sobre outros assuntos. Se você vai conversar sobre intimidade então converse somente sobre isso. Este não vai ser o momento de expor outras queixas, como finanças ou de quem era a vez de levar o lixo para fora. É sempre algo tentador, uma vez que você abre a porta para reclamações, ficar na defensiva e querer atacar seu parceiro. Tente lembrar-se por que é que você estava tendo a conversa em primeiro lugar e trabalhar para resolver essa questão ao invés de brigar por outros motivos. Guarde a conversa sobre o lixo para outro momento. Se você sempre acha que é incapaz de ter qualquer tipo de discussão significativa sem que se torne explosiva e destrutiva, você pode querer considerar entrar em contato com um terapeuta para ajudá-lo a aprender a navegar de forma mais eficaz nesta área.

7. Convidar um poder (ser) superior para ajudá-lo. Antes de começar a falar com o seu parceiro, reserve alguns momentos para realmente centrar-se e pedir ajuda a um poder superior. Você pode receber uma maior clareza, ter um coração mais aberto e disposto, e ser capaz de ouvir o seu cônjuge, sem ficar na defensiva. Além disso, esta é uma forma de incentivar a intimidade espiritual dentro do seu relacionamento.
- See more at: http://familia.com.br/7-maneiras-de-falar-sobre-intimidade-com-seu-conjuge-e-ainda-serem-amigos#sthash.1OmKZBIb.dpuf


Fonte: http://familia.com.br

O valor de apenas um. David C. McCasland ( Lucas 15:1-10)



O valor de apenas um. David C. McCasland Lucas 15:1-10

Apenas algumas horas antes da formatura do Ensino Médio, uma jovem se envolveu num acidente automobilístico que tirou a vida de seu pai e deixou sua mãe e ela hospitalizadas. No dia seguinte, o diretor de sua escola visitou-a no hospital e disse-lhe que queria fazer algo especial para ela na escola. Um jornal local descreveu como a demonstração de amor e apoio dos professores, administradores e colegas, profundamente sensibilizados pela perda da jovem, encheu o auditório da escola alguns dias depois. Fizeram uma cerimônia de graduação exclusiva para ela.
O diretor disse: “Em educação, falamos muito sobre a não reprovação automática dos alunos, para que não fiquem para trás. Entre os militares, eles falam sobre não deixar nenhum soldado para trás. Hoje, celebramos a graduação de alguém que não será deixada para trás.”
Jesus destacou a importância de cada pessoa para Deus por meio de três histórias. Em cada uma, alguém havia perdido algo de grande valor — uma ovelha, uma moeda e um filho (Lucas 15). Quando essas pessoas encontram o que procuravam, chamam amigos e vizinhos para comemorar e se alegrarem juntos.
A questão é clara: todos nós somos de grande valor para Deus, que nos oferece perdão e vida nova em Cristo. E Ele fielmente nos acompanha com Seu amor e graça. Há grande alegria no céu quando um pecador se arrepende (v.7).
Nosso valor é medido pelo que Deus fez por nós.

1 de out de 2013

12 formas de construir um casamento feliz e duradouro...


12 formas de construir um casamento feliz e duradouro
 
Quer você tenha dias, meses ou anos de casamento, já tenha passado por desilusões, divórcio e abandono, ou mesmo se seu casamento está por um fio, acredite: há esperança. Sempre há tempo de ter uma relação que lhe complete, que traga felicidade e que dure.

As histórias que nos são contadas quando crianças começam com o “Era uma vez...”, trazem exemplos de coragem, esperança e amor eterno. Na maioria delas, o bem vence o mal, e terminam com o “felizes para sempre”. Na vida real, precisa-se de muita coragem, esperança e amor para fazer um casamento feliz para sempre ou enquanto dure, das duas partes, tanto marido quanto esposa.

Alguns lembretes para que você possa, juntamente com seu cônjuge, ajudar a construir um casamento feliz e duradouro.
  1. Inclua Deus em tudo. Quando Deus está presente num casamento, marido e mulher juntos podem buscar inspiração para os problemas do dia a dia. Um casal que ora junto a respeito dos problemas, da educação dos filhos, das dificuldades financeiras, e agradece ao Senhor por tudo, experimenta um tipo de felicidade e paz que não se encontra em nenhum outro lugar.
  2. Leia as escrituras sagradas. Um casal que lê as escrituras juntos aprende junto e possui mais facilidade de entender, através das histórias dos profetas e povos que viveram antes, que adversidades fazem parte da vida; que somente se colocarem o orgulho de lado, buscarem a ajuda de Deus, aceitarem a Sua vontade, serem perseverantes em cumprir Seus mandamentos e ensinarem isso aos filhos, terão a felicidade duradoura.
  3. Coloque seu coração na família. Um especialista familiar chamado Dieter Uchtdorf disse “O que amamos determina o que buscamos. O que buscamos determina o que pensamos e fazemos. O que pensamos e fazemos determina quem somos, e quem nos tornaremos". Uma vez que você reconheça que o casamento é sagrado e decidiu colocar seu coração em sua família, você saberá que somente através dela a real felicidade pode ser alcançada.
  4. Seja fiéis e decida não mentir. Decida-se antes de casar. Uma vez casado(a), eleja seu cônjuge como aquele que completa sua vida. Fidelidade é um convênio e viver sem mentiras é absolutamente essencial para viver um amor com confiança e paz. Não pode existir paz se não há transparência; nem intimidade que una um casal sem lealdade.
  5. Viva o altruísmo diariamente. Amor verdadeiro é um processo que requer ação pessoal. Nas pequenas coisas simples do dia a dia é que podemos demonstrar amor e reconhecer que somos amados, que há interesse em ser feliz com o outro, que há felicidade quando este amor é vivido, acima de todos os problemas e distrações. Quando amamos alguém, tratamos aquela pessoa diferente, melhor, carinhosamente.
  6. Trabalhe para atingirem unidade. Busquem ser um em propósito. Eduquem os filhos juntos. Façam atividades juntos. Ajudem um ao outro a realizar seus sonhos. Estejam presentes nas situações importantes e sempre juntos. A união de um marido com sua esposa é um mandamento de Deus. Consiste em estar juntos não só na alegria e saúde, mas na tristeza e na doença. Ele quer que nossos corações cresçam juntos. Isso não é apenas o ideal, mas uma necessidade.
  7. Invista em consideração e dedicação. Casamento é uma parceria de iguais, sem um exercer domínio sobre o outro, mas sim encorajando e ajudando com as responsabilidades e aspirações de cada um. Se você colocar o bem-estar e a felicidade do cônjuge como sua meta, haverá reciprocidade, vocês serão felizes e seu casamento durará.
  8. Busque e desenvolva a paciência. Deus nos ensina que o perfeito amor possui perfeita paciência. Não somos perfeitos em paciência, mas cada situação que precisamos dela é uma oportunidade para aprender a ter mais dela. Pensar antes de falar é outra forma de exercitá-la. A busca do autocontrole é uma forma de vivê-la. Isso vale para todas as relações, especialmente o casamento.
  9. Alimente o amor. O amor precisa de cortesia, gentileza, atenção, exclusividade e tempo todos os dias, seja num simples olhar ou numa relação íntima. Se nutrirmos o amor com sentimentos contrários, o amor adoece e morre. Assim como o corpo morre se não o nutrirmos ou se o nutrirmos mal. É a estabilidade de sentimentos que faz um casamento feliz.
  10. Use e abuse do perdão. Desculpar-se sinceramente ao outro pode restaurar uma relação e fazer crescer o amor, salvando um casamento. Reconhecer as causas de conflitos e fazer a própria parte para evitá-las ou resolvê-las é fundamental para a felicidade no amor.
  11. Estabeleça e assumam as prioridades. Tenha calma. Dedique tempo para conhecer o outro. Uma relação duradoura leva tempo para ser construída. Estabeleça prioridades. É mais fácil evoluir juntos quando ambos respeitam o tempo um do outro. Uma relação que é constante, harmoniosa e satisfatória precisa de uma fundação bem estruturada.
  12. Comunique-se. Quando há amizade, há mais respeito, aceitação, paciência, humor. Com a pressão do dia a dia, aprender a comunicar-se melhor com o cônjuge é essencial. Planejem o futuro juntos. Façam metas. Divirtam-se.
Um casamento é mais que conviver com uma pessoa agradável que nos atrai. É mostrar todos os dias o que aquela pessoa significa em sua vida, como você é feliz de tê-la por perto, que ela é a escolha do seu coração, e que você preza a amizade e o amor que os unem.
- See more at: http://familia.com.br/12-formas-de-construir-um-casamento-feliz-e-duradouro#sthash.69sLtfle.dpuf

28 de set de 2013

Diga e sinta: 4 coisas que sua esposa está esperando ouvir.

Existem inúmeras maneiras de um marido mostrar amor por sua esposa: escrevendo palavras de amor no espelho do banheiro, dando um abraço ou uma massagem depois de um dia ruim ou levando as crianças para brincar lá fora de modo que ela possa ter algum muito necessário "tempo para si". Mas, provavelmente a mais fácil – e às vezes mais negligenciada - forma de um marido demonstrar amor por sua esposa é simplesmente dizendo sinceras palavras de bondade, validação e reconhecimento. Como seu companheiro, amigo e confidente, tente ao passar de cada dia dizer "Eu amo você” com real intento e sentindo exatamente o que está dizendo e como está dizendo isso à sua amada. Se você não é um homem de muitas palavras, deixe-me ajudá-lo a começar.

1. Elogie sua beleza - por dentro e por fora. Algumas de nós sofremos com ataques à nossa autoestima todos os dias e até mesmo todas as horas. O entendido de moda na nossa frente na fila do caixa parece gritar: “Suas roupas são deselegantes!” Enquanto mulheres magras e de pernas longas nos sussurram de dentro das revistas "Você nunca vai ser boa o suficiente." Nós tentamos bloquear esses ataques. Tentamos nos amar apesar das estrias e dos quilos extras, mas às vezes nos sentimos como se estivéssemos afogando num mar de inadequação em um mundo obcecado pela beleza.

Como marido, você pode ser a voz de amor que a resgate da autodepreciação. Com poucas palavras, você tem o poder de fazê-la se sentir valorizada, amada e completamente aceita como esposa e mãe de seus filhos. Apenas uma pequena dica: Não espere até que ela esteja toda arrumada para elogiá-la. Alguns dos momentos mais significativos com o meu marido eram quando ele me dizia que eu estava linda com um rabo de cavalo bagunçado, sem maquiagem, ou ao ostentar um agasalho com capuz e calça de moletom. Meu coração traduz isso como: "Eu aceito você e a amo completamente. Você é linda, assim como você está agora".

Um bom acompanhamento para elogiar a sua beleza exterior é expressar o seu apreço por sua beleza interior. Dizer coisas como: “Obrigado por ser tão paciente comigo”, ou “Eu amo ver o quanto você é talentosa em...”, não só irá provar sua atração emocional para ela, mas também reafirmar que você é um compromissado e devotado companheiro para toda a vida.

2. Não espere até o Dia das Mães para lembrá-la de sua grandiosidade. É difícil ser mãe. Não estamos apenas tentando sintonizar as duras críticas internas, mas a batalha da não comparação do nosso dia ruim com o status da imagem de mãe perfeita no Facebook da vizinha. Algumas mães estão literalmente morrendo de fome emocional por um pouco de validação e apreço que deveriam vir com o glorioso título de “mãe". Dizer coisas como “Adoro o seu jeito de lidar com as crianças”, ou “Você realmente é uma mãe incrível e eu aprecio tudo o que você faz”, vai fazer maravilhas ao seu coração cheio de culpas.

3. Como posso ajudar? Se a sua esposa trabalha fora de casa ou fica em casa com os pequenos, a condição de cuidar da casa pode ser um assunto delicado. Resista à tentação de criticar os brinquedos espalhados por todo o chão ou a pilha de pratos sujos. Em vez disso, pergunte: "Como posso ajudar? O que você precisa que eu faça?” será música para seus ouvidos. Comunique a sua vontade de aliviar sua carga e use uma abordagem do tipo "nós" ao enfrentar as tarefas domésticas.

4. Compartilhar e conversar. Você já ouviu a frase “Gostaríamos de saber sua opinião", em uma folha de pesquisa pouco depois de experimentar um produto ou serviço? Muitas esposas se sentem da mesma maneira em relação a seus maridos.

No livro Então chega o Casamento, os doutores Ogletree e Brinley compartilham a forma como as mulheres se sentem sobre a comunicação: “Para as mulheres, a comunicação é a chave para amar e se sentir amada... As mulheres esperam que o amor dure para sempre, e esse tipo de relação é frequentemente alcançado por casais que aprenderam a buscar os níveis mais profundos de intimidade humana - físico, mental, espiritual e emocional”.

Eu adoro quando meu marido compartilha seu dia comigo - mesmo que seja a experiência engraçada no posto de gasolina ou a conversa que teve com seus colegas de trabalho. Pequenas coisas que me deixam entrar em seu mundo e me fazem sentir que ele quer que eu esteja lá. Sinto-me mais e mais conectada com ele e mais disposta a também compartilhar meus sentimentos e experiências.

Não espere até o aniversário dela ou Dia dos Namorados para dizer à sua esposa o quanto ela significa para você - ou simplesmente supor que ela já sabe. O defensor da família, Thomas S. Monson, disse: “Muitas vezes, presumimos que (as pessoas ao nosso redor) sabem o quanto as amamos. Mas nunca devemos presumir, devemos deixá-las saber. Nunca nos arrependeremos das palavras bondosas proferidas ou do afeto demonstrado. Em vez disso, nos arrependeremos se omitimos essas coisas em nossas relações com aqueles que nos são mais significativos."

Quanto mais cedo você expressar amor sincero e apreço por seu cônjuge, mais cedo você vai descobrir um mais rico e mais feliz casamento e melhor vida familiar.


Fonte:  http://familia.com.br

26 de set de 2013

11 atributos essenciais para deixar um homem apaixonado...


11 atributos essenciais para deixar um homem apaixonado...

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a paixão não está ligada somente ao físico, mas principalmente ao interior da pessoa. Pois de nada adianta estar com uma bela mulher, mas vazia de coração.

Muitas mulheres, sejam namoradas, noivas ou esposas, podem pensar: "Como fazer para que ele se apaixone perdidamente por mim?" Essa dúvida pode pairar. Como sou casada há 10 anos resolvi perguntar em especial ao meu esposo, como ele se apaixonou por mim. Na verdade, durante nossa conversa pude compreender ainda mais que independente do tempo, tornar-se perdidamente apaixonado está ligado à conquista diária. E vocês acham que diariamente não conquisto meu esposo? Sim, diariamente o conquisto, e vou contar-lhes como fazer um homem apaixonar-se perdidamente por você.

1. Força. Meu esposo disse que me acha muito forte por todas as coisas que já enfrentamos. Ser forte é uma habilidade, dom e condição e para isso é necessário o desejo de ter força e aplicação nas inúmeras vivências.

Para a física, força é um conceito fundamental, que está relacionada às três leis de Newton.

A força é uma GRANDEZA (DOM), que é capaz de vencer algo chamado de "corpo". Na física, a força pode modificar a velocidade e direção do objeto dependendo de sua aplicação em termos de intensidade e direção. Essa força pode ser usada para impulsionar ou destruir um "corpo". Alguns conceitos que se relacionam à força são:

Pressão = distribuição de força.
Torque = mudança de velocidade.
Arrasto = diminuição da velocidade.

Portanto, compreendemos que nossa força pode ser boa ou ruim, dependendo da forma como a utilizamos. Como mulher você pode usar sua força para fortalecer seu relacionamento ou destruí-lo e esse poder você tem!

Sem entrar em muitos detalhes filosóficos vou centralizar meu artigo no objetivo que possuímos, pois lidamos com pessoas. Apesar de compreendermos que para toda ação é exigido uma reação, sabemos que se nos dedicamos a ter força colheremos boas recompensas por saber suportar os testes e desafios e nos comprometer com o que é correto.

2. Firmeza. Ser decidida e firme nos objetivos é outro fator predominante. Não ter dúvidas do que deseja como crescimento e não ser influenciada por fatores externos negativos, demonstram firmeza e decisão.

3. Autocontrole. Ter autocontrole das emoções é outro ponto primordial. Saber lidar com os reveses da vida, com perdas, sofrimentos, falhas e estresse é muito importante para pôr em ordem um relacionamento e mostrar ao outro que se tem equilíbrio.

4. Confiança. Entregar o coração ao outro é uma demonstração de amor e confiança nesta pessoa, e demonstramos isso com palavras e ações.

5. Atenção. Sabe aquela comidinha especial que ele ama? Faça para ele! Muitas mulheres usam o dom culinário para conquistar o coração do homem que ama. Além de prestigiar seu amor carinhosamente com seus dotes culinários, você fará com que ele tenha sempre o desejo de apreciar sua comida!

6. Sair da rotina. Produza-se sempre que possível e aproveite as saídas românticas para colocar sua melhor roupa, arrumar os cabelos e fazer uma linda mas discreta maquiagem. Hoje não é necessário muito para ficar linda.

7. Prioridade e valores. Ninguém deve abrir mão de suas prioridades e valores por causa dos outros. Isso é um traço muito importante da personalidade individual de cada pessoa. Você não precisa ceder em alguns aspectos pessoais só para satisfazer o outro. Use de sabedoria neste sentido, mas jamais perca seu valor de mulher. Lembre-se, homem não gosta de mulher fácil. Se ceder pode correr o risco de ser deixada de lado!

8. O relacionamento com Deus. Esta é uma característica linda. Meu esposo disse que admira o relacionamento que tenho com Deus, ele até brinca dizendo que o Senhor me escuta muito e é verdade! O Senhor escuta a quem o busca com frequência. Uma mulher virtuosa deve ter um relacionamento pessoal com Deus, deve ser um exemplo de fé e ternura e demonstrar para seu parceiro a importância disso e fazer o possível para integrá-lo neste relacionamento. Um relacionamento tem menos chances de fracassar se tiver Deus como abençoador dessa união.

9. Fé e perseverança. Não perder o foco e fé é o segredo. Ser destemida em suas convicções e crenças e nos propósitos de seu coração a ajudará a ganhar o homem do seu coração.

10. Lealdade. Uma mulher leal à virtude, santidade, pureza e espiritualidade é vista com excelentes olhos. O homem que ama sabe que ela possui valor, que não se portará indecentemente em sua ausência. Ele sabe que ela tem muitos pontos bons a serem ensinados e que sua lealdade e dignidade ao relacionamento e tudo o que faz sempre deixa admiração e bons exemplos. Por isso sente orgulho de a chamar de "sua" (esposa, namorada, noiva).

11. Ânimo. Por fim, para fazer um homem se apaixonar por você, é preciso animá-lo em muitas ocasiões. Saiba elogiar, encantar com graça e leveza, ser gentil, carinhosa, decente e virtuosa.

A mulher que pensa que faz um homem apaixonar-se pelo seu corpo ou pelas roupas que usa é tola, porque o que temos de melhor para dar não é o que está fora, e sim o que está dentro. E para fazer um homem se apaixonar perdidamente é preciso AMOR


Fonte: http://familia.com.br

Mensagem de Hoje...


O padrão da sabedoria....

Albert Einstein disse: “Apenas duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana, e eu não tenho certeza sobre o primeiro.” Infelizmente, parece que muito frequentemente não há limites para a tolice na qual nos envolvemos — ou os danos que criamos com as nossas tolices e as escolhas que elas promovem.
Foi numa fase assim de arrependimento que Davi derramou a sua luta e queixas a Deus no Salmo 38. Ao se deparar com os seus próprios fracassos, o rei-pastor fez um comentário perspicaz: “Tornam-se infectas e purulentas as minhas chagas, por causa da minha loucura” (v.5). Ainda que o salmista não nos dê os detalhes daquelas escolhas ou da piora de suas feridas, algo é certo: Davi reconheceu sua própria loucura e a sua causa.
A resposta para esta tolice destrutiva é aceitar a sabedoria de Deus. O livro de Provérbios 9:10 nos lembra: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo é prudência.” Apenas se permitirmos Deus nos transformar, poderemos superar as decisões tolas que geram tantos problemas. Com a Sua orientação amorosa, podemos seguir o padrão da sabedoria divina.
A sabedoria de Deus é dada àqueles que humildemente lhe pedem.
- See more at: http://ministeriosrbc.org/#sthash.nkJS2BfA.dpuf

O padrão da sabedoria.



24 de set de 2013

Demonstre seu amor com gestos simples

Muitas pessoas, principalmente depois de uma convivência mais longa, acreditam que não precisam demonstrar seus sentimentos. Quando o parceiro reclama dizem que não há necessidade de ficar falando o que é óbvio. É preciso levar em consideração que não há obviedade em relação aos sentimentos humanos e para manter o vigor da relação é muito importante renovar os votos de amor e alegria na convivência.




8 de set de 2013

Ilumine a noite...



Ilumine a noite...

Em uma noite branda de outono quando o céu estava escuro e a lua estava cheia, milhares de pessoas da minha cidade se reuniram nas margens do rio para soltar pequenos balões de ar quente conhecidos como lâmpadas celestes. Eles as soltaram na escuridão e observaram enquanto as luzes subiam para se juntar à lua numa exibição deslumbrante que transformou o céu noturno numa obra de arte brilhante.
Quando eu vi fotos da ocasião, fiquei chateada por eu não estar na cidade e ficar de fora. Mas alguns dias depois, percebi que o que aconteceu em Michigan, EUA, poderia ser visto como um símbolo da conferência em que eu participei em Nova Iorque. Mais de mil pessoas vindas de 100 cidades ao redor do mundo se reuniram para planejar uma “obra de arte” — como iluminar a escuridão em suas cidades pela implantação de igrejas e o alcance de milhares de pessoas com o evangelho de Cristo, a Luz do mundo.
O profeta Daniel escreveu sobre um tempo quando aqueles que trouxerem outros ao Senhor brilharão como estrelas para sempre (Daniel 12:3). Todos nós podemos nos unir nessa grande ocasião. Quando brilhamos a luz de Cristo em lugares escuros onde trabalhamos e vivemos, Ele está iluminando o céu escuro com estrelas que jamais se apagarão.
Quando a Luz do mundo iluminar a terra, a Sua beleza atrairá as pessoas de todas as nações.



- See more at: http://ministeriosrbc.org/#sthash.atA81DKa.dpuf

5 de set de 2013

Quase satisfeito?

Ao entrar no estacionamento do restaurante, muito depois do horário de almoço, vi uma caminhonete acelerando entre os veículos estacionados. Enquanto eu observava o comportamento imprudente do motorista, reparei as palavras na placa dianteira. Eu li: “Quase satisfeito.” Após refletir sobre a frase e a mensagem que ela quis passar, conclui que o conceito “quase satisfeito” não existe. Ou estamos satisfeitos, ou não.
Reconhecidamente, o contentamento é um tema delicado. Vivemos num mundo que alimenta o nosso desejo por mais e mais — até acharmos quase impossível nos satisfazermos com qualquer coisa. Mas isto não é novidade. O livro de Hebreus aborda esta questão, dizendo: “Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei” (13:5). A única solução para os corações que “querem tudo” é o contentamento encontrado na presença do Deus vivo. Ele é suficiente para as nossas necessidades e anseios, e somente Ele pode nos trazer a paz e o contentamento que jamais encontraremos nas buscas desta vida.
Quase satisfeito? Isso não existe. Em Cristo, podemos conhecer o verdadeiro contentamento.
O contentamento não é ter o que se quer, mas estar satisfeito com o que se tem.

Quase satisfeito?



3 de set de 2013

Como enxergar o cônjuge como o Senhor o vê.


Home / Amor / Como enxergar o cônjuge como o Senhor o vê
Como enxergar o cônjuge como o Senhor o vê

Como enxergar o cônjuge como o Senhor o vê 

Quando falamos de Deus, o que vem em nossa mente é um ser perfeito, cheio de amor, misericórdia, humildade e bondade. Porém, quando pensamos em nosso próximo, principalmente, quando este próximo está perto da gente, tendemos a enxerga as qualidades, mas muitas vezes, damos maior ênfase aos defeitos.
E quando esse próximo é nosso marido ou esposa, o que vem a nossa mente?Podemos pensar que é uma pessoa boa, amável, contudo, adora deixar a toalha molhada na cama; ou é uma pessoa tão responsável, trabalhador, corajoso, inteligente, mas passa muito tempo das horas vagas jogando vídeo game; ou no caso da mulher fica arrumando seus cabelos e pintando as unhas, e mal conseguem sair com sua família.
Lembre-se: não somos perfeitos! Assim como nós temos defeitos, nosso cônjuge também tem, o que vai fazer a diferença é enxergá-lo como o Senhor o vê.
O amor verdadeiro pode levá-lo na direção da perfeição do Senhor.
Não somos perfeitos, mas o que podemos fazer diferente para enxergá-lo como o Senhor o vê, é superar os obstáculos. Quando estamos começando em um novo trabalho, aos poucos vamos nos adaptando, e precisamos que nosso chefe seja paciente e solidário, por isso, não devemos agir diferente com o nosso cônjuge.
O amor é o principal tijolo na construção de uma relação. E, quando ocorre o equilíbrio com os atributos divinos como paciência, caridade, humildade, honestidade, e fidelidade, transformamos o casamento em uma perfeita comunhão com o Senhor.
O amor é o segredo, o trabalho é a chave, a compreensão é a porta.
O principal é saber o que seus sentimentos, como a emoção e a razão, descrevem o quanto seu cônjuge é importante para você.
“o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” (I Coríntios 13:7)
O Senhor tem os sentimentos e as expectativas mais nobres com relação ao ser humano. Isso se estende a todos aqueles que têm o desejo de transformar a vida de um casal num verdadeiro pedacinho do céu.
O Senhor sabe que temos fraquezas, mas é através delas que o senhor trabalha na vida do homem (ser humano). Enxergar o cônjuge como o Senhor o vê, requer que possamos ver, também, os nossos defeitos e imperfeições, requer reconhecer que o amor do casal baseia-se em trabalho duro para fazer da relação uma benção.
O amor é um dos sentimentos mais nobres e profundos, e é mais importante do que qualquer divergência de personalidade que tenhamos. Tudo na nossa vida requer trabalho. Somos ensinados a estudar para que possamos no futuro ter bons empregos, somos ensinados a trabalhar muito para conseguirmos conquistar as coisas que desejamos, e no casamento não pode ser diferente.
Lembre-se: o sol brilha para todos, porém, as luzes de seus raios solares só entram em seu lar se você abrir as janelas. Abra a janela de seu coração e seja a estrela de seu lar, porque ao agir como o Senhor agiria, certamente, o poder dele lhe mostrará o quanto o seu cônjuge é importante para ele, e você conseguirá vê-lo com o potencial divino que ele ou ela tem.
Fonte : Familia
Foto : Shutterstock