26 de set de 2010

O trabalhador esquecido.



Muitas pessoas mundo afora conhecem o Monte Rushmore, na Dakota do Sul, local onde as cabeças de presidentes americanos estão esculpidas em tamanho gigante na parede de um penhasco. Embora milhões conheçam o Monte Rushmore, bem poucos conhecem o nome Doane Robinson — o historiador da Dakota do Sul que concebeu a ideia da escultura grandiosa e administrou o projeto. O monumento é admirado e apreciado, mas Doane é o homem esquecido por trás dessa obra- -prima. Seu nome não é reconhecido, ou nunca foi conhecido pela maioria.

Às vezes, no serviço do Mestre, podemos sentir que fomos esquecidos, ou que estamos por trás das cenas e não somos reconhecidos. O ministério pode ser uma vida de esforço que geralmente não é apreciada pelas próprias pessoas que estamos procurando servir em nome de Jesus. Porém, a boa notícia é que, embora as pessoas não saibam, Deus reconhece. Na carta aos Hebreus 6:10, diz: “Porque Deus não é injusto para ficar esquecido do vosso trabalho e do amor que evidenciastes para com o seu nome, pois servistes e ainda servis aos santos.”

Que promessa! Nosso Pai Celestial jamais esquecerá de nosso empenho feito para Ele, o que é infinitamente mais importante do que ser aplaudido pelas multidões.

Servir para agradar Cristo é uma recompensa maior do que o reconhecimento público.

Carinho e amor

Fernanda

fonte: http://ministeriosrbc.org/2010/09/26/o-trabalhador-esquecido/

Nenhum comentário: