19 de jan de 2011

A SEMENTE ENTRE ESPINHOS



Quarta-feira 19 Janeiro
E outra caiu entre espinhos e crescendo com ela os espinhos, a sufocaram
(Lucas 8:7).
Após nos advertir sobre não endurecermos o coração para a Palavra de Deus e nem recebê-la superficialmente, o Senhor nos mostra hoje como as influências mundanas e materiais podem abafar a mensagem divina. A boa semente e a semente dos espinhos crescem bem próximas uma da outra. Mas quem cresce mais rápido: as plantas úteis ou as ervas daninhas? Infelizmente, as daninhas.
Essa situação é reproduzida em nosso coração. Estamos ocupados com tantas coisas aparentemente importantes e benéficas que não há lugar para o mais essencial: a Palavra de Deus. O Senhor Jesus nos deu vários exemplos disso: cuidados desta vida, riquezas e prazeres.
Cuidados. Como Marta, estamos ansiosos e afadigados com muitas coisas (Lucas 10:41). Nossos pensamentos estão constantemente direcionados ao trabalho e a tudo o que nos interessa. Precisamos distinguir entre estarmos ocupados com nossas tarefas e estarmos ocupados de nossas tarefas!
Riquezas. Aqui também precisamos distinguir entre fazer provisões sábias e lutar por grandes coisas. Uma vez que sejamos subjugados pelo desejo de ajuntar riquezas, jamais ficaremos satisfeitos. Iremos querer cada vez mais e mais.
Prazeres. Nossa necessidade natural de relaxamento pode descambar para a busca desmesurada de prazer. Com o que temos nos ocupado durante nosso tempo livre?
Em cada caso acima não há lugar para a Palavra de Deus em nosso coração.
Podemos até ouvi-la e meditar nela por um instante, porém nunca teremos a energia nem o desejo sincero de praticá-la!

Carinho e amor
Fernanda.
Fonte:  http://www.apaz.com.br/todo_dia.html


Nenhum comentário: