27 de fev de 2011

Um Buquê De Louvor.



Corrie ten Boom (1892–1983) sobreviveu aos campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial e se tornou uma palestrante cristã conhecida mundialmente. Milhares de pessoas assistiam suas reuniões, nas quais ela contava como tinha aprendido a perdoar os que a capturaram, da mesma maneira como Cristo havia perdoado os seus pecados.
Após cada reunião, as pessoas a cercavam e abraçavam-na por suas qualidades cristãs e agradeciam-lhe por encorajá-las no seu caminho com o Senhor. Corrie contou que ao retornar ao seu quarto de hotel, ajoelhava-se e entregava aqueles elogios em agradecimento a Deus. Ela dizia que isto significava dar a Deus “um buquê de louvor”.
O Senhor deu a cada um de nós dons para serem usados para ministrar uns aos outros. (1 Pedro 4:10) para que “…em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos dos séculos…” (v.11). Nada temos a oferecer aos outros que não tenhamos recebido do Senhor (1 Coríntios 4:7), portanto a glória pertence a Ele.
Para aprendermos humildade, poderíamos, talvez, seguir o exemplo de Corrie. Quando recebermos um elogio por algo que tenhamos dito ou feito, vamos, secretamente, dar um buquê de louvor a Deus pela glória que somente Ele merece. 

O louvor é a flor mais justa que brota da alma.

Carinho e Amor
Fernanda.
Fonte: http://ministeriosrbc.org/2011/02/27/um-buque-de-louvor/

Um comentário:

Missª Tatiana Borges disse...

Obrigada querida agradeço pelo carinho que o seu blog me faz sempre com lindas postagens!
E gostaria de compartilhar com vc um presente q ganhei, passe na minha pagina e pegue seu Selo!
Link da página:
http://amoratisenhor.blogspot.com/2011/03/agradecimento.html
Fique na paz!