11 de fev de 2011

AS MARCAS DA AMIZADE VERDADEIRA

 

“Ora, Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça; e
foi chamado amigo de Deus”
Tg 2.23

Elementos essenciais para formação de uma amizade verdadeira não são poucos. Ser amigo é mais que colega. Nenhuma amizade nasce pronta, a identificação pode ser imediata, mas amizade precisa ser construída.

Em Tiago 2.23, há uma magnífica declaração a respeito da relação entre Deus e Abraão: “Ora, Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça; e: Foi chamado amigo de Deus”. Afirmações similares estão presentes ainda em II Crônicas 20.7: “Porventura, ó nosso Deus, não lançaste fora os moradores desta terra de diante do teu povo de Israel e não a deste para sempre à posteridade de Abraão, teu amigo?” e Isaías 41.8: “Mas tu, ó Israel, servo meu, tu, Jacó, a quem elegi, descendente de Abraão, meu amigo”. Impressiona a existência de uma amizade entre Deus e um homem pecador, com diversas marcas que o impediriam de ser amigo de Deus. Ao lermos a história de Abraão podemos confiar que é possível experimentar um relacionamento e amizade sinceros com Deus.

Ore


Pai amado, a tua palavra diz que a intimidade do Senhor é para os que o temem. Por isso, coloco-me diante do trono da graça e reconheço que o teu nome é sobre todo o nome. Em Jesus.
 
Carinho e Amor
Fernanda.
Fonte:  http://www.lpc.org.br/cada-dia



Nenhum comentário: