24 de mai de 2012

O odor do disfarce.....









24 de maio de 2012


O odor do disfarce


Marvin Williams


Salmo 32:1-5
Bem-aventurado aquele cuja iniquidade é perdoada, cujo pecado é coberto. —Salmo 32:1
Jó 35–37
O cheiro de um aterro transbordante de lixo se tornou uma preocupação pública crescente. Foram instalados pulverizadores desodorizantes de alta pressão para neutralizar o cheiro. Os canhões podiam pulverizar vários litros de fragrância por minuto, a distância de até 45 metros sobre os montes do lixo em putrefação. Contudo, independente de quantos litros de desodorizante sejam pulverizados para disfarçar o lixo fétido, a fragrância servirá apenas como disfarce até que a fonte do mau cheiro seja removida.


O rei Davi também tentou um disfarce. Após seu adultério com Bate- -Seba, ele tentou usar o silêncio, o engano e a piedade para mascarar suas falhas morais (2 Samuel 11–12). No Salmo 32, ele fala sobre sua experiência sob a mão pesada de Deus quando permaneceu calado (vv.3-4). Incapaz de resistir por mais tempo à condenação, Davi confessou seu pecado reconhecendo, confessando-o, e em seguida arrependendo-se dele (v.5). Ele não precisou mais encobri-lo porque Deus o perdoou.


É inútil tentar esconder o nosso pecado. O cheiro fétido da nossa desobediência se infiltrará através de tudo que usarmos para tentar encobri-lo. Reconheçamos diante de Deus o lixo em nossos corações e experimentemos a refrescante purificação de Sua graça e perdão.




Admita o seu pecado e experimente a alegria da confissão.


Carinho e Amor
Fernanda A. Ferreira
Fonte: http://ministeriosrbc.org/

Nenhum comentário: