15 de mai de 2012

Enxergando perto e longe



15 de maio de 2012


Enxergando perto e longe


Julie Ackerman Link


Salmo 145
Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. —Salmo 145:18
Jó 5–7
Ter dois olhos saudáveis não é o suficiente para enxergar claramente. Sei disso por experiência. Após uma série de cirurgias nos olhos para reconstituir um descolamento de retina, ambos os olhos enxergavam bem, mas recusavam-se a cooperar entre si. Um olho via coisas distantes e o outro via coisas próximas. Mas, em vez de trabalharem juntos, eles lutavam pela supremacia. Até conseguir ter uma nova prescrição para óculos, três meses mais tarde, meus olhos permaneceram sem foco.


Algo semelhante acontece na nossa visão de Deus. Algumas pessoas focalizam melhor em Deus quando o veem como “perto” — quando pensam nele como intimamente presente em sua vida diária. Outros cristãos veem Deus mais claramente como “distante” ou muito além de tudo que podemos imaginar, governando o Universo em poder e majestade.


Embora as pessoas discordem sobre qual visão é melhor, a Bíblia funciona como uma lente de grau, ajudando-nos a ver que as duas são corretas. O rei Davi apresenta as duas visões no Salmo 145: “Perto está o Senhor de todos os que o invocam…” (v.18) e “Grande é o Senhor e mui digno de ser louvado; e a sua grandeza é insondável” (v.3).


Felizmente, nosso Pai celestial está perto para ouvir as nossas orações, e tão acima em poder, que consegue satisfazer a todas as necessidades.




Deus é grande o suficiente para cuidar das menores necessidades.


Carinho e Amor
Fernanda Abreu Ferreira
Fonte: http://ministeriosrbc.org/

Nenhum comentário: