31 de jul de 2016

À PROCURA DA FELICIDADE

“De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem.”
Ec 12.13

O filme À Procura da Felicidade conta a história do norte-americano Chris Gardner, o sem-teto que, com esforço e oportunidade, se tornou milionário. A biografia relata que ele consegue comprar a Ferrari dos sonhos, ter status e muito dinheiro; além de dar tudo do bom para o filho. Mas, Chris alcançou, de fato, a felicidade? Certa vez li num períódico sobre a felicidade. Para a revista, a busca da felicidade é o que move a humanidade. Contudo, para o autor, a felicidade é apenas uma ilusão, um truque.

A resposta sobre a procura de Chris é: não adianta buscar a felicidade em dinheiro, conforto, status, pois a felicidade não existe. Salomão em Eclesiastes 2 parece concordar com a ideia de que a felicidade e a satisfação são fraudes. Afinal, ele relata a busca tresloucada para obter alegria à parte de Deus. Ele confessa que sorveu os prazeres do mundo, mas nada foi suficiente para lhe dar a sensação de plenitude de alegria.

Porém, ao final do livro, Salomão reconhece que a vida só tem sentido através de relacionamento de amor e respeito com o Senhor. A resposta que a palavra de Deus dá a todos os que estão na mesma busca de Chris é: não adianta buscar felicidade no dinheiro, no conforto, no status social, na fama ou no poder, pois a felicidade existe, ela não é uma fraude. É uma pessoa e seu nome é Jesus.


Referência para leitura: Eclesiastes 12

Fonte: http://www.lpc.org.br/cada-dia/

Nenhum comentário: