19 de jul de 2013

Não se esqueça..

Não concordo com aqueles que protestam contra os bens materiais e dizem que possuí-los é inerentemente mau. E preciso admitir que sou um consumidor, muitas vezes, tentado a preencher minha pilha de tesouros com itens que acho que preciso.
Mas reconheço que um dos perigos de possuir um monte de coisas é que isso pode levar à perda espiritual. Quanto mais temos e mais nos sentimos como se tivéssemos tudo o que precisamos, mais somos propensos a esquecer a nossa necessidade de Deus e até mesmo o nosso desejo por Ele. Mas, ironicamente, tudo o que temos vem essencialmente de Deus “…que tudo nos proporciona ricamente para nosso aprazimento” (1 Timóteo 6:17).
Infelizmente, nosso prazer pelas provisões de Deus pode apenas significar que acabamos amando os bens e nos esquecendo do Doador. Por esta razão, quando Deus estava pronto a dar ao Seu povo uma vida cheia de graça na Terra Prometida de bens e abundância, Ele alertou: “Guarda-te não te esqueças do Senhor, teu Deus…” (Deuteronômio 8:11).
Se Deus lhe permitiu desfrutar de abundância material, lembre-se de onde veio tal fartura. Na verdade, todos nós, sejamos ricos em bens deste mundo ou não, temos muito a agradecer. Prestemos atenção à advertência de que não devemos esquecer do Senhor e louvemos ao Senhor por Sua rica bondade.
Ame mais o Doador do que as Suas dádivas!
- See more at: http://ministeriosrbc.org/#sthash.fULMjzER.dpuf

Nenhum comentário: