21 de jul de 2013

Arrogância e soberba...

Em Cartas de um diabo ao seu aprendiz, livro escrito por C. S. Lewis, um demônio veterano incita o seu jovem protegido a desviar os pensamentos de um cristão para longe de Deus e concentrar-se nas falhas das pessoas ao seu redor na igreja.
Durante um culto de domingo, me distraí e me irritei com uma pessoa perto de mim que cantava alto, desafinado e estava fora de sincronia durante as leituras em uníssono. Mas quando inclinamos a cabeça para um momento de oração silenciosa, veio-me à mente a ideia de que certamente o Senhor devia estar mais satisfeito com o coração da outra pessoa do que com os sentimentos de julgamento que Ele viu no meu.
Poucos dias depois, eu li o capítulo de Provérbios 8 e fui impactado pelo versículo 13: “…a soberba, a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu os aborreço”. Por todo este capítulo, a sabedoria nos convoca a termos um coração compreensivo (v.5) e a encontrar vida e obter o favor do Senhor (v.35). A alternativa é passar pela vida com uma atitude superior, morrendo por dentro durante o processo (v.36).
O orgulho é uma espada que fere a pessoa que o utiliza, e fere também aqueles contra os quais o orgulho é utilizado. A arrogância nos rouba tudo o que Deus deseja nos dar, mas a “…humildade e o temor do Senhor são riquezas, e honra, e vida” (22:4)
O orgulho traz vergonha. A humildade traz sabedoria.
- See more at: http://ministeriosrbc.org/#sthash.Lp54tyiu.dpuf

Nenhum comentário: