2 de jul de 2013

BOA LEMBRANÇA...

BOA LEMBRANÇA

“Quero trazer à memória o que
 me pode dar esperança.”
Lm 3.21




“Uma das razões pelas quais temos tantos problemas nesta vida é porque insistimos em esquecer coisas que deveríamos lembrar e, deliberadamente, nos lembramos de coisas que deveríamos esquecer.” Arthur Graham. Quais as lembranças que você guarda do mês passado? Você se lembra dos problemas e desapontamentos? Ou se lembra de realizações e do progresso?

Após a destruição de Jerusalém pelo rei Nabucodonosor, o profeta Jeremias se pôs a recordar toda a desgraça que havia presenciado e vivido. E ficou desesperado. Ele declarou: “Eu sou o homem que viu a aflição pela vara do furor de Deus.” (Lm 3.1). Depois de tanta amargura, e de tanto amargurar-se, o profeta concluiu que seu pensamento devia seguir outro rumo, e disse: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança” (Lm 3.21).

Não vale a pena amargurar-se com o passado. Não há nada que você possa fazer para apagar as circunstâncias infelizes. Porém, você tem uma memória que lhe foi dada por Deus e sobre esta tem controle. Então, use bem essa dádiva do Criador. Traga à memória as boas lembranças que podem dar-lhe esperança.


Pai celeste, ainda sinto muita dor quando olho para o meu passado. Reconheço que minhas feridas ainda estão abertas. Ajuda-me, peço-te, e cura-me. Em nome de Jesus. Amém.

Nenhum comentário: