11 de mar de 2011

Sinais de Jesus.

 

“E haverá sinais no sol, e na lua, e nas estrelas, e, na terra, angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas;” (Lc 21.25)
Terremoto de 8,9 graus na escala Richter.
Um terremoto desta magnitude tem o potencial de gerar um tsunami devastador, capaz de atingir a costa próxima em poucos minutos e regiões mais afastadas em questão de horas.
Amados vamos nos preparar para a vinda do Senhor. Parece estar muito próximo. Sabemos que Ele tem o controle de tudo em suas mãos. Já seu sinais são visíveis, só não vê quem não quer. 
 A TV japonesa não divulga e omite o número exato de vitimas. Diz um morador de Tóquio que não divulgam a real situação, que é para não causar pânico nas pessoas. As igrejas no Japão se mobilizam para ajudar vítimas de terremoto. Muitos estão em estado de choque.
Uma onda enorme mudou o curso da vida dessas pessoas, não foi só a terra no seu ciclo natural que provocou mudanças. A vida de muitos foram mexidas e transformadas em questão de segundos.
Nós que somos cristãos devemos ajudar orando por essas pessoas.
Deus sabe o que esta fazendo, portanto não cabe a nós julgarmos ninguém, ou questionarmos, se teve a mão do homem nesse ocorrido. Isso seria impossível de se obter uma resposta coerente.
Oremos pela vida espiritual e pela proteção de Deus sobre essa nação.
                                                                      Oração
Senhor reconhecemos os pecados desse país, que por séculos tem cultuado deuses falsos, desprezando o amor e o poder daquele que é o verdadeiro Criador dos céus e da Terra. Louvamos-te pela misericórdia que tens dedicado, razão de não perecerem em suas apostasias. Rogamos que não consideres todo esse tempo de ignorância, e pedimos que derrames o conhecimento de tua glória por cada cidade japonesa. Leva a essa terra e a esse povo a experimentar um avivamento espiritual verdadeiro, e assim se diga entre todas as nações: “Feliz é o Japão, cujo Deus é o Senhor.” Amém.

Carinho e Amor.
Fernanda P. Abreu Ferreira.

Nenhum comentário: