13 de abr de 2016

Família...

10 sinais de que você tem um marido excelente

Muitas são as qualidades de um bom marido, mas se seu marido faz pelo menos a metade destes itens, você tirou a sorte grande. Se não, compartilhe com ele e ajude-o a melhorar.

  • Eu não sou um exemplo de pessoa romântica. Ao mesmo tempo que quero que meu marido seja, assumo que às vezes meu casamento não é mais "carinhoso" por minha falta, mas reconheço que o casamento é maravilhoso, e também desafiador. Enquanto queremos ter um marido perfeito, que nos respeite e se dedique ao relacionamento, também precisamos nos esforçar para que a relação progrida de acordo.
    Pensando nisso, com a ajuda de algumas amigas e conhecidas, resolvemos listar quais qualidades fazem nossos maridos ótimos e excelentes companheiros para a vida.

1. Ele se comunica com você

  • Isso inclui saber ouvir, levar minha opinião em consideração, decidir junto, entender o porquê muitas vezes eu quero ou não quero algo. Ele se comunica comigo sobre coisas da vida, necessidades de nossa família, e até mesmo política, esportes e notícias diárias.

2. Ele ama passar tempo ao seu lado

  • Não importa o que estamos fazendo junto. Talvez nada, mas mesmo assim ele quer ficar perto. Seja assistindo um filme em casa, ou andando no parque. Ele gosta e aprendeu a gostar de coisas que eu gosto.

3. Ele lhe faz rir

  • Ele sabe que eu, e basicamente toda mulher, gosta de um homem de bom humor, que saiba rir de si mesmo. E eu sei que ele só encontra a piada do momento mais crítico justamente porque tem intimidade para fazê-lo comigo. Para um homem que ama, o sorriso de sua amada lhe faz muito feliz.

4. Ele lhe apoia

  • Quantas vezes eu vou contra alguma coisa que ele quer fazer pensando na família ou no futuro financeiro, por exemplo, mas não importa o que eu queira fazer, ele está sempre ali me apoiando. Mesmo quando cometo erros e duvido de mim mesma, ele está ali me incentivando e ao meu lado.

5. Ele sempre lhe ensina o que sabe

  • Tenho que admitir, até alguns truques de cozinha aprendi porque ele me ensinou algumas coisas que aprendeu com sua mãe quando a ajudava enquanto crescia. Ele sabe que não sabe tudo e também quer aprender.

6. Ele é leal

  • Até hoje não encontrei um homem que não olhe para as coisas bonitas que existem, inclusive outras mulheres. E eu sei que nós mulheres também o fazemos. Mas, independente disso, um homem que sabe que há apenas uma mulher a quem deva se dedicar e entregar seu coração, é valioso. Um homem que trata sua própria mulher como a pessoa mais maravilhosa que existe, por dentro e por fora, precisa ser reconhecido.

7. Ele reconhece seus erros

  • Todo homem é orgulhoso e não quer fazer nada que diminua sua masculinidade, mas um homem maduro o suficiente que reconhece seus erros e trabalha para melhorá-los e, principalmente, não repeti-los, é recompensador.

8. Ele protege e cuida de você

  • Ele se preocupa com sua segurança e de sua família. Ele quer que você ligue para dizer que chegou bem nos lugares onde precisa ir. E faz questão de que você e a família estejam bem cuidados, física e emocionalmente.

9. Ele entende e respeita você

  • Ele sabe o que lhe irrita e o que lhe deixa contente, e lhe entende como ninguém. Ele presta atenção nos pequenos detalhes, qual sabor de sorvete você gosta mais, qual cor, e coisas que realmente importam na vida. Ele não lhe provoca, entende seus valores e respeita suas escolhas, mesmo que as dele sejam diferentes.

10. Ele lhe trata como igual

  • Ele não lhe vê como inferior a ele, e não pensa que é melhor que você. Ele acredita que você possui grandes qualidades e características únicas e lhe admira por quem você é.
    Que possamos fazer parte de uma geração de mulheres que reconhece o valor dos homens, ensinando e sendo um exemplo a nossos maridos e filhos de que o casamento equilibrado ainda é possível se trabalharmos juntos, o progresso no casamento existe e o amor ainda pode vencer todos os males.

  • C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise.




Nenhum comentário: