8 de ago de 2015

Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para vós
(Filipenses 3:1).

MEDITAÇÕES SOBRE O LIVRO DE 1 CRÔNICAS (Leia 1 Crônicas 10:1-14)

De agora em diante, as Crônicas se ocuparão novamente da história de Davi e seus sucessores, a partir da morte de Saul. Mas o relato apresentará muitas diferenças em relação ao que está registrado nos livros de Samuel e Reis. Alguns fatos foram acrescentados; sobre outros há silêncio. Cada uma dessas variações corresponde exatamente ao propósito que Deus tinha em mente ao escrever tal fato de um novo ângulo: o da Sua soberana graça. Pela mesma razão, Ele nos deu quatro vezes, nos quatro evangelhos, a história de Seu Filho para que pudéssemos observá-Lo em Suas diferentes glórias.
Portanto, não devemos cansar de ler histórias que já nos são familiares, ao contrário devemos buscar perceber o que o Espírito acrescenta e o que propositadamente omite. Não nos desencorajemos, mas nos alegremos de ouvir repetidamente o que Deus fez com a carne. Saul é um símbolo disso. Ele caiu pelas mãos dos filisteus e foi despojado de tudo no monte Gilboa. Sua desgraça foi completa e sua morte é registrada antes de Davi aparecerem cena. Por sua vez, Davi é o homem que cumpre os conselhos de Deus, um verdadeiro tipo do Senhor Jesus.

Nenhum comentário: