21 de nov de 2013

Esse nome...



Jesus é o nosso Salvador. Ele nos redimiu com o Seu sangue, e nós podemos dar a nossa vida a Ele de todo o coração. Jesus. Que todo o céu e toda a terra, nós inclusive, proclamemos o Seu glorioso nome! 



14 de nov de 2013

Ajudando os outros...



Ajudando os outros....

Quando as tempestades de neve enterram as pastagens, os fazendeiros devem alimentar os seus rebanhos manualmente. Enquanto o feno é lançado a partir de carretas e caminhões, os animais mais fortes abrem caminho. Os animais tímidos ou doentes conseguem pouco ou nenhum alimento salvo pela intervenção do rancheiro.
Pessoas que trabalham em campos de refugiados e com distribuição de alimentos relatam um padrão semelhante. Ao abrirem as portas para os necessitados, os fracos e tímidos podem não chegar à frente da fila. Como os fazendeiros, essas “cordas salva-vidas” humanas devem tomar medidas para assegurar que os seus serviços alcancem o fraco, cansado, doente e os que estão à margem da sociedade.
Eles estão realizando um princípio estabelecido por Deus há muito tempo. No livro de Levítico 19, Moisés instruiu os fazendeiros de Israel e viticultores a deixar porções dos seus cultivos para que o pobre e o estrangeiro tivessem algo para comer (vv.9-10).
Nós também podemos ser como zeladores para o fraco e cansado. Quer sejamos professores persuadindo os alunos tímidos a se abrirem, profissionais junto a um colega de trabalho em dificuldades, presidiários cuidando dos recém-chegados, ou os pais que dão atenção aos seus filhos. Nós temos maneiras de honrar a Deus ajudando os outros.
À medida que buscamos servir os necessitados, que a graça de Deus que nos alcançou em nossa necessidade nos mova para alcançar aos outros nas deles.
Ao servirmos aos outros, servimos a Deus.


4 de nov de 2013

3 de nov de 2013

Como demonstrar amor por um cônjuge triste e depressivo...

A tristeza é a dor da alma, o amor é o elixir da vida. Proteja sua capacidade de amar seu cônjuge mesmo em momentos difíceis e ser tornará a cura de suas dores e a alegria de seus dias.
É muito fácil estar ao lado de uma pessoa que acorda alegre e que passa o dia tão bem que mesmo enfrentando horas no trânsito consegue fazer piadas e levar tudo numa boa. E quando chega a noite traz para casa mais alegria do que quando saiu pela manhã, achando tudo lindo e perfeito.

Se alguém tiver o privilégio de ser ou viver com alguém assim preserve, pois encontrou um ser único nos dias atuais.

A depressão está sendo considerada o mal do século XXI. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) 350 milhões de pessoas atualmente sofrem com a doença no Brasil. Isso significa que pelo menos 350 milhões de famílias vivem com alguém com depressão. Como conviver e ajudar um cônjuge neste caso?

Primeiro passo: entenda o que se passa com seu cônjuge. A pessoa com depressão sente-se vazia, se desespera por conta do dia a dia, não tem motivação e sentido para a vida e deixa de ter prazer nas coisas que costumavam animá-lo. Deixa também de se interessar por amigos, família, lazer, trabalho, saúde ou vive esgotado. Imagine como ela deve se sentir?

Ao saber disso o que fazer? Desistir também? Apesar de ser perfeitamente normal isso passar pela mente de qualquer pessoa que se depare com a situação, não é o melhor a fazer, o melhor é reagir, pois você sim se encontra em condições de fazer por seu par o que ele não tem condições de fazer.

Segundo passo: use o conhecimento que o relacionamento a dois lhe deu sobre seu cônjuge. Estabeleça como meta trazer de volta aquela pessoa por quem se apaixonou e se casou e também a vida feliz que levavam até então.
  • Incentive tratamento profissional. Acompanhe apoie e cuide para que o tratamento seja seguido. Lembre-se que a pessoa não está em condições de tomar decisões ou assumir compromissos sozinho.
  • Cuide de você mesmo. Não se esqueça que precisa estar bem para cuidar de seu cônjuge, com isso, previna-se buscando apoio para si próprio, para então apoiar seu cônjuge.
Terceiro passo: demonstre seu amor. Este é um remédio que nenhum especialista poderá receitar para comprar na farmácia, porém é um elemento essencial na recuperação da pessoa depressiva. Não adianta você saber o quanto ama e se preocupa com seu cônjuge, ele precisa saber, sentir e receber este amor.
  • Esteja ao lado dele em todos os momentos.
  • Promova momentos especiais.
  • Resgate lembranças e momentos em que a felicidade esteve presente em suas vidas.
  • Não culpe, não cobre, simplesmente ame. Ninguém deve ser responsabilizado por estar depressivo.
  • Mesmo que as tentativas de seu cônjuge de se livrar da doença se frustrem demonstre confiança e esperança em seu potencial.
A tristeza é a dor da alma, o amor é o elixir da vida. Proteja sua capacidade de amar seu cônjuge mesmo em momentos difíceis e se tornará a cura de suas dores e a alegria de seus dias.
Fonte: http://familia.com.br

1 de nov de 2013

Como dar valor ao homem que você tem ao seu lado...

Dar valor é mais do que aceitar calada tudo o que lhe é imposto, é ter sabedoria para alertar quando for preciso, é estar pronta para lutar diante do inimigo e ajudar a reconstruir quando tudo for ao chão.
O lema que deve conduzir a mulher que quer dar valor ao homem que tem a seu lado deve começar assim: “Faça sua escolha e ame sua escolha”, para depois buscar os atributos que a ajudarão a superar as diferenças e dificuldades que certamente virão ao longo da convivência, como paciência, empatia e caridade.

Olhar com o coração é outra dica para quem quer viver uma relação estável e duradoura. Quando olhamos com o coração não enxergamos defeitos físicos ou culturais, mas enxergamos as qualidades e o potencial da pessoa.

O relacionamento homem mulher é muito complexo, pois cada um tem características próprias e que nem sempre agradam completamente mesmo que haja paixão e amor entre os dois. Muitos relacionamentos terminam mesmo quando se amam, porque acabam valorizando somente as diferenças.

Valorizar é dar valor a algo. Na relação isso vai depender do significado que um tem para o outro, para isso é preciso ter consciência das razões que os aproximaram.

Analisando os valores do homem a seu lado
  • Ele estar ao seu lado é uma boa razão para que seja reconhecido um atributo importante e que faça valer a pena dar valor a ele. O fato dele ter escolhido você para amar deve ser considerado uma honra que nunca deve ser esquecida pela mulher. Lembre-se sempre que entre tantas outras opções você foi a escolhida. Valorize isso e retribua à altura.
  • Conheça o homem que ele é, seus gostos, seus costumes e desejos. Só assim poderá entender suas ações e atitudes e isso poderá facilitar muito o olhar para as qualidades independentes dos defeitos.
  • Não procure ou espere perfeição. É possível valorizar a pessoa como ela é, pois todos sempre têm um lado positivo e é esse lado que deve estar em evidência sempre que olhar para ele.
  • Procure ser compreensiva, a sugestão é: sempre fazer acordo. Acordo é a melhor negociação para evitar conflitos. Conversem e encontrem a melhor solução para as diferenças e necessidades de cada um, nunca menospreze o desejo dele para que os seus não sejam desprezados também.
Vantagens em valorizar o homem 

O gênero masculino em geral, humano ou animal, tem a necessidade de ser o melhor, é só observar a natureza, como os machos lutam por seu espaço e honra. O ser humano de maneira civilizada espera ter seu valor destacado pelos que estão ao seu redor, e estes terão todas as vantagens por valorizarem sua força, inteligência e capacidade, pois serão protegidos e cuidados por ele.

A mulher que sabe valorizar o homem certamente será a mais beneficiada na relação, pois ele irá fazer de tudo para protegê-la, demonstrar seu amor e cuidar para que suas necessidades sejam atendidas.

A verdadeira rainha do lar é a mulher que tem um rei a seu lado. Mesmo que não seja o príncipe encantado, você pode ajudá-lo a ser um rei e agir como um rei tendo honra e valor de majestade.

Cuidados e bom senso

Deus criou o homem e de seu lado retirou uma costela e com ela criou a mulher como sua companheira. Não para andar abaixo ou atrás dele, mas ao lado como apoio e alento, para que ele exerça sua força masculina em prol dela e de sua família com sabedoria e bom senso na defesa e honra deles.

Nenhum homem tem o direito de usar de força física ou moral contra a mulher que está ao seu lado, e para isso ele foi educado por uma mulher.

Mães! Ensinem honra e justiça a seus filhos, e as suas filhas, ensinem seu valor feminino e como devem respeitar e apoiar o homem com quem forem viver e assim quando escolherem formar suas famílias, ela entrará no lar como a rainha escolhida pelo rei para reinarem juntos.

Dar valor é mais do que aceitar calada tudo o que lhe é imposto, é ter sabedoria para alertar quando for preciso, é estar pronta para lutar diante do inimigo e ajudar a reconstruir quando tudo for ao chão. Isso por que você fez sua escolha e ama a escolha que fez
.