30 de abr de 2013

Ofertas fantásticas

Fico estupefato com as inacreditáveis ofertas que enchem minha caixa de entrada de e-mails todos os dias. Recentemente, somei as ofertas de dinheiro grátis que chegaram durante uma semana e minha conta totalizou 26 milhões de dólares. Mas, cada uma dessas ofertas era uma fraude. Todas — desde um prêmio de 1 milhão até uma oferta de 7 milhões — eram apenas mentiras enviadas por pessoas inescrupulosas para extrair dinheiro de mim.
Todos nós somos vulneráveis às ofertas fantásticas — fraudes que, na realidade, recompensam com nada além de problemas. Oferecem-nos falsas esperanças que terminam em sonhos frustrados.
Existe, porém, uma oferta que é genuína, apesar de ser a mais fantástica além do que se pode crer. É a oferta que Deus nos faz — a salvação por meio da fé na obra acabada de Jesus na cruz: “…Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo…” (Atos 16:31). É uma oferta que custou muito caro a Jesus — e nós recebemos os benefícios. O livro de Romanos nos diz que Jesus “…foi entregue por causa das nossas transgressões e ressuscitou por causa da nossa justificação” (4:25).
Dizendo sim à salvação, podemos ter esperança (Tito 1:2), paz (Romanos 5:1), perdão (Efésios 1:7), incomparáveis riquezas (2:7) e redenção (4:30). Este é o grande negócio. A morte e a ressurreição de Jesus o garantem.
Nossa salvação foi infinitamente cara para Deus, mas é totalmente gratuita para nós.


29 de abr de 2013


Julio Severo
Apesar de imensas manifestações envolvendo centenas de milhares de pessoas, o Parlamento da França passou por cima da vontade do povo e deu, na terça (23 de abril), legalidade de “casamento” às uniões sexuais dos homossexuais.
Presidente François Hollande: a vitória do “casamento” gay é a vitória do socialismo
A lei também autoriza o Estado a usar a força para obrigar instituições estatais e privadas a entregar crianças em adoção para duplas homossexuais.
Pelo fato de que a maioria dos parlamentares franceses é socialista, a lei não teve dificuldade de ser aprovada.
O presidente da França, François Hollande, afirmou equivocadamente que a união entre homossexuais é uma “evolução” da sociedade, quando na verdade é uma “evolução socialista.”
Ninguém deveria ficar surpreso com o que os socialistas fizeram contra o casamento normal na França. A meta suprema do socialista não é o bem do povo, nem das famílias, nem das crianças. Sua meta é avançar a ideologia socialista.

Os socialistas que estão agora no governo da França não aceitam justificativas para as queixas dos milhares de franceses descontentes com a lei de “casamento” gay. Se o povo não queria tal “casamento,” não deveria ter votado nos socialistas, que haviam deixado muito claro que legalizariam tal “casamento.”
Apesar de um discurso vazio de respeito ao povo, os socialistas só entendem a linguagem das urnas. Quando eleitos, entendem que receberam carta branca para realizar todo tipo de mudanças que quiserem na sociedade, quer o povo goste ou não.
Agora, é tarde demais para os franceses.
Se quiserem falar e ser ouvidos, os franceses deverão aguardar a próxima eleição, para enxotarem os canalhas do governo ou novamente serem enganados por eles.
Com informações do site homossexual A Capa.

Pela Graça de Deus Sou o Que Sou - D. A. Carson

Oremos...

Deus bendito, sustenta e fortalece a minha fé quando tudo parece conspirar contra os meus sonhos. Não permitas que eu desanime e pare de confiar em ti. Em nome de Jesus. Amém.

Superando más notícias

http://ministeriosrbc.org/
“Há muitos que dizem: Quem nos dará a conhecer o bem?…” (Salmo 4:6). Estas palavras de Davi parecem descrever o prognóstico pessimista que tão facilmente desenvolvemos em nosso mundo atual. A primeira página dos jornais e as histórias de destaque na internet ou na televisão parecem focar em crimes, acidentes, política, economia e pessoas de destaque exibindo comportamentos inadequados. Nossas conversas no trabalho e em casa começam a tratar de dificuldades e são suficientes para desanimar qualquer um. Em que local podemos buscar melhores notícias?
Em meio às suas tribulações, Davi voltou-se ao Senhor, que o aliviou de sua angústia (v.1) e escutou a sua oração (v.3). Em vez de esperar por um bem temporário decorrente das circunstâncias mudadas, ele encontrou o incessante encorajamento em Deus. “Senhor, levanta sobre nós a luz do teu rosto” (v.6). O resultado foi uma alegria de coração que ultrapassava qualquer prosperidade ou sucesso terreno (v.7).
Ao longo de toda a sua vida, antes e depois de tornar-se rei de Israel, Davi nunca se viu sem oposição. Mas, no fim do dia, ele podia dizer: “Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro” (v.8).
Ponderar as verdades do Salmo 4 a respeito do cuidado de Deus conosco é uma boa maneira de começar e terminar todos os dias.
Deus é um abrigo seguro nas tempestades da vida.

Tempestades da Vida...

Ao longo de toda a sua vida, antes e depois de tornar-se rei de Israel, Davi nunca se viu sem oposição. Mas, no fim do dia, ele podia dizer: “Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro” (v.8).


26 de abr de 2013

A vida é importante — tire o máximo proveito dela!


Por ter a presença e o sustento de Deus, você pode tirar o máximo proveito do seu tempo em todas as estações seguindo Jesus de perto, dedicando tempo à Sua Palavra e oração, amando e perdoando mais livremente do que nunca, e servindo aos outros com alegria e generosidade.
Deus nos abençoou com nossa estação atual — tire o máximo proveito dela!
Portanto, vede prudentemente como andais, […] remindo o tempo, porque os dias são maus. —Efésios 5:15-16

Para meditação...



22 de abr de 2013

Arte com pó...

O fato de Deus ter utilizado o pó para criar os seres humanos me faz pensar duas vezes a respeito de rotular alguém ou algo como sem valor. Talvez, exatamente a coisa que eu queira me livrar — uma pessoa ou um problema que me importuna — seja o material artístico que Deus utilizou para exibir a Sua glória.